Blake Lively, a nova sensação de Hollywood

Ela é loira, alta, linda e é a queridinha de Karl Largefeld. Estou falando de Blake Lively.

Nascida em Los Angeles, Blake é a caçula de cinco irmãos, e é filha dos atores Ernie e Elaine Lively. Desde cedo já respirava artes, pois ia nas aulas de interpretação com os pais.
Com isso, ganhou muita confiança, e em 1998 apareceu em um filme dirigido por seu pai, Sandman, quando tinha apenas 11 anos.
Mas foi depois do filme "Quatro amigas e um jeans viajante" (2005) que Blake começou a chamar atenção de Hollywood.

De lá pra cá, Blake vem se firmando e ganhando mais espaço. Exemplo disso é a sua nova estréia, em O Lanterna Verde, e os rumores que será a protagonista do longa Savages, de Oliver Stone, ao lado de estrelas como John Travolta e Uma Thurman. Outros rumores dizem que Blake pode interpretar a jovem Carrie Bradshaw nos cinemas (o que rendeu alfinetadas de Sarah Jessica Parker.)



De estrela teen à ícone da moda

Aos 23 anos, Blake é apontada como uma das atrizes mais bem vestidas de sua geração. E sua ligação com a moda começou desde cedo. Blake diz que sua mãe sempre deu liberdade para ela e os irmãos vestirem o que quisessem. Sempre de maneira original, Blake e os irmãos eram levados em lojas para adultos, e sua mãe ajustava as roupas para servir neles.
Em 2007, Blake fez parte da série mais emblemática no mundo da moda, a "Gossip Girl". Impossível não lembrar de Blair e Serena, amigas e rivais inseparáveis. Com um figurino impecável, a série conquistou milhares de fãs pelo mundo todo, e fez deslanchar a carreira de Blake.

No início desse ano, Blake foi convidada (pessoalmente) por Karl Largefeld para estrelar a campanha da bolsa Mademoiselle, da Chanel. Na mesma época, Blake foi eleita embaixadora da grife.
Apresentada à Karl por intermédio de Ana Wintour (editora da Vogue América), Blake diz ser fascinada pela Chanel, pela Coco e por tudo que está representado na grife que Karl levou adiante.
"Para mim, a label significa o máximo da classe, sofisticação e feminilidade, ao mesmo tempo em que também equilibra masculinidade e poder." Com essas palavras dá pra entender porque Blake foi eleita a mulher mais desejada de 2011 (site Ask Men), e está entre as 100 pessoas mais influentes do mundo (revista Time).

Blake é uma típica nova-iorquina: sempre antenada, busca conhecer novos estilistas, confere de perto as coleções e gasta um bom tempo para produzir seus looks (já que a loira jura não ter um stylist). Blake considera que tudo faça parte de sua profissão.
Quando questionada se tem vontade de assinar uma marca ou uma coleção, mania entre as celebrities, Blake é sincera: ela gosta sim de moda, mas sente que tem que estudar para criar uma linha que chame de sua. E se isso vier acontecer, Blake diz que pretende o segmento masculino. "Acho que os homens não têm liberdade suficiente para se expressar por meio do estilo. Então gostaria de fazer algo interessante nessa área."

Quanto ao seu estilo? "Gosto quando as coisas aparentam ser uma mistura natural, quando parece que não houve esforço algum. No fim, o que importa mesmo é se você veste o que gosta e se está feliz." Ótima filosofia, não acham?



Dona de uma beleza ímpar, com olhos azuis marcantes, Blake Lively mostra que a garota que chegou assim, como quem não quer nada, ainda vai longe e tem tudo para se tornar uma grande estrela inesquecível, corcodam?

 

Johnny Pereira

Johnny Pereira

Johnny Henrique Pereira. Estudante, amante, aspirante, enfim: apaixonado por moda!

http://www.facebook.com/profile.php?id=100002324808829

Comments